12 de março de 2007

Grupo Natal - Partido do Povo (1985)

Para encontrar os discos com gravações de partido alto é preciso vasculhar os sebos. Garimpar é a palavra mais adequada. No meio de um monte de discos de novela, da Xuxa, do Julio Iglesias, você pode encontrar pérolas. Toda vez que eu vejo aquelas montanhas de discos de um real, eu paro para ver se encontro alguma coisa boa. Se não tiver nestas enormes pilhas, eu procuro naquelas seções chamadas genericamente de “SAMBISTAS” ou “SAMBAS”. Numa dessas, eu encontrei este tesouro: Grupo Natal – Partido do Povo.

Só partideiro bom participa do disco. Velha, da Portela, é quem comanda a turma. Ele participou dos três primeiros discos do Partido em 5, além de ter participado anteriormente dos conjuntos Os Cinco Só e Turma do Ganzá. Velha é falador e, assim como em suas participações no Partido em 5, fala em cada intervalo de samba, apresentando os sambistas e tirando um sarro dos partidos dos parceiros.

Luiz Grande, que hoje faz parte do Trio Calafrio, é outro que está em tudo quanto é disco de partido alto. Participou, também, do Partido em 5 e de outros LPs pau-de-sebo, como são conhecidos os discos com vários artistas. Bezerra da Silva e Zeca Pagodinho gravaram sambas seus. É um gozador. Um dos seus sambas que ele canta neste disco mostra bem isso:

A maré ta ruim (Luiz Grande)
A maré ta ruim
Pra você e pra mim
E também para ela
Até bicho de estimação, meu irmão,
Já está indo pra panela

Meu compadre Malaquias
Que mora na Boca do Mato
Já não comia há três dias
E foi obrigado a papar o seu gato
Meu amigo Nicolau
Meu vizinho lá do morro
Tava no maior sufoco
E foi obrigado a comer seu carrocho

A maré ta ruim...

Minha comadre Maria
Chegou lá em casa até dando desmaio
Dizendo que estava com fome
E já tinha comido o seu papagaio
A minha nega também
Dizendo que estava esquesito
Não suportou a maré
E fritou o seu periquito


Completam o time de partideiros: Ary do Cavaco, Rubens da Mangueira, Anézio e Casquinha. Todos com rodagem em gravações e discos de partido alto. Casquinha já passou por tudo quanto é conjunto de samba (Mensageiros do Samba, Partido em 5, Os Partideiros...) e hoje faz parte da Velha Guarda da Portela. Anézio, além de ótimo compositor, toca cavaco na gravação. O outro cavaco quem faz é Osmar do Cavaco. O violão é de Jorge da Conceição e a participação especial fica por conta de Cláudio Camunguelo.

Quem organizou a cozinha, o time de ritmistas, foi Mazinho, filho de Natal da Portela. O nome Grupo Natal foi uma homenagem ao patrono da Portela, na época já falecido. Os batuqueiros: Timbira, no surdo; César, na timba; Rixa, no repique de mão; Djalma, no pandeiro; Bené, na cuíca; Cleber Calixto, no atabaque e Mestre 5, no tamborim. No coro, As Gatas e Grupo Natal.

Uma beleza de disco. Gravação muito boa, partidos de primeira. É o Partido do Povo.

LADO A

VIOLÊNCIA
Velha da Portela/ Joel Teixeira
VELHA DA PORTELA

CHEIO DE POSE
Ary do Cavaco
ARY DO CAVACO

O TOURO
Casquinha
CASQUINHA

ENTERRO DE POBRE
Rubens da Mangueira/Velha da Portela
RUBENS DA MANGUEIRA

A MARÉ TÁ RUIM
Luiz Grande
LUIZ GRANDE

NÃO DÁ, CAMARADA
Cabana/Anézio
ANÉZIO

LADO B

LAÇOS DO AMOR
Velha da Portela/Zé Catimba
VELHA DA PORTELA

BOCA DE ESPERA
Rubens da Mangueira/Velha da Portela
RUBENS DA MANGUEIRA

TÔ CAÍDO
Luiz Grande
LUIZ GRANDE

OLHO NELA
Ary do Cavaco/Velha da Portela
ARY DO CAVACO

BOA VIAGEM
Casquinha
CASQUINHA

AMARRE NO LAÇO
Anézio/Vovó Ziza
ANÉZIO

Grupo Natal

Cavaquinho - Osmar e Anézio
Violão de 7 - Jorge
Surdo - Timbira
Timbá - Cesar
Repique de mão - Rixa
Pandeiro - Djalma
Cuíca - Bené
Atabaque - Cleber Calixto
Tamborim - Mestre 5
Participação especial de Cláudio Camunguelo na flauta
Coro: As Gatas

Direção Artística, Produção Executiva e Coordenação: Waldomiro e Velha da Portela
Assistente de Gravação: Genilson Barbosa
Técnico de Gravação e Mixagem: Mário Jorge Bruno
Auxiliares de Estúdio: Liu (Luiz Carlos) - Mauro Moraes
Supervisão do Estúdio: Edeltrudes Marques
Manutenção: Ricardo Luppi
Montagem: Esveraldo
Corte: José Oswaldo Martins
Supervisão de Áudio: Gunther J. Kibelkistis
Fotos: Bruno Lins
Capa: Valério do Carmo
Arte Final: Vittore Talone

Velha da Portela
Vice-Cidadão Samba 1969. Cidadão samba 1984. Presidente da ala de compositores da Portela no período de 1971 a 1977. 70 músicas gravadas e editadas; sucesso brasileiro 6 vezes como compositor. Vencedor do samba-enredo da Portela no ano de 1974, "O Mundo melhor de Pixinguinha" (Pizindin), vencedor do samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense no ano de 1984, "Alô Mamãe"; 4 LPs, 2 compactos duplos e 2 simples gravados como intérprete e produtor. Participante do LP "Partido em 5".

Luiz Grande
Compositor da Imperatiz Leopoldinense, 30 músicas gravadas e editadas; sucesso brasileiro como compositor 6 vezes.

Rubens da Mangueira
Compositor da Mangueira. 30 músicas gravadas e editadas; sucesso brasileiro 6 vezes. Vencedor de samba-enredo 3 vezes em sua escola, nos anos de 1976, 1978 e 1980.

Ary do Cavaco
Compositor da Portela, autor dos sambas de enredo dos anos de 1969 e 1971, "As 13 Naus" e "A Lapa em Três Tempos"; 3º colocado no Festival do MPB/Shell, em 1982 , com "Mordomia". 30 músicas gravadas e editadas, sucesso brasileiro 6 vezes como compositor.

Anézio
20 músicas gravadas e editadas; participante do LP "Partido em 5". Foi compositor da Portela e atualmente, está vinculado à ala de compositores da Beija-Flor de Nilópolis.

Casquinha
Compositor da Portela, autor do samba enredo da escola em 1956, "Panteon de Glória"; 50 músicas gravadas e editadas; sucesso brasileiro 5 vezes como compositor.

(texto do encarte do disco de 1985)

Powered by eSnips.com

Avaliação: *** (bom)

3 comentários:

Rui disse...

Andre tem como você zipar e mandar pra mim??

abraço

Sylvio disse...

Sylvio Messias
Incrível, tenho um LP parecido. Produzido em 1984, para clientes e amigos da CocaCola (tem o logotipo do refri)a pérola chama-se "Pagode de Natal - A Noite Feliz dos Bambas" e reúne: Wilson Moreira; Nei Lopes; Luiz Carlos da Vila; Dauro do Salgueiro; Décio Carvalho; Anézio; Ratinho; Zé do Maranhão entre outros...

Nos instrumentos tem gente como Rafael Rabello; Luciana Rabello; Cláudio Jorge; Joel Nascimento; Ovídio; Luizão; etc
Tem música cantada por Fátima Guedes e Ivan Lins e alguns arranjos do Gilson Peranzzetta.
Tem encarte com as letras e os instrumentistas, faixa por faixa...

E todas as músicas falam de NATAL é mole...?

simão disse...

é mole mais sobe

Creative Commons License
O Couro do Cabrito by André Carvalho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at www.creativecommons.org.br.