21 de março de 2008

Imperatriz do Samba (Pindonga - Iracy Serra)

GRANDES BRASAS DA HISTÓRIA

Houve um tempo em que existiam três escolas de samba diferentes no Morro do Salgueiro: a Depois eu Digo, a Unidos do Salgueiro e a Azul e Branco. Nos anos 50 elas se fundiram e surgiu os Acadêmicos do Salgueiro, que logo mostrou força e começou a ganhar vários títulos.

Os sambistas Pindonga e Iracy Serra eram da Depois eu Digo e, em 1938, fizeram um samba em homenagem a Carmen Miranda para desfilar no Carnaval. Chama-se Imperatriz do Samba e fala sobre o sucesso da Pequena Notável nos EUA. Em 1938, ela ainda não tinha se firmado lá fora, mas já fazia suas turnês com o Bando da Lua.

Esta gravação foi feita pelo próprio Pindonga no disco do Salgueiro que a gravadora Marcus Pereira Discos lançou em 1974.

Imperatriz do samba (Pindonga - Iracy Serra)

Homenageamos a nossa imperatriz do samba
E rapaziada do Bando da Lua
Que fizeram aquela gente civilizada compreender
A nossa música sentimental
Samba é a glória de um carnaval

Abraçaram a nossa melodia
Com muita alegria
E com prazer vamos cantar
Devemos homenagear


Este samba é dedicado ao meu parceiro Bigode

2 comentários:

McL disse...

Bunito Piruquenha !

bigode disse...

Que coisa linda!!!

salve iracy e pindonga

e dá-lhe dona Carmen!

Creative Commons License
O Couro do Cabrito by André Carvalho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at www.creativecommons.org.br.