19 de janeiro de 2008

Caxiné

Eden Silva, o Caxiné, foi um dos maiores compositores dos Academicos do Salgueiro de todos os tempos. Um gênio do samba. Também fez muita coisa boa para blocos carnavalescos.

Seus sambas mais conhecidos são Rosa Maria (muito tocado nas rodas de samba dos dias atuaias), parceria com o inseparável Aníbal Silva e interpretado por Gilberto Alves e Tudo é ilusão, também parceria com e Anibal Silva e Tuffi Lauar. Este último samba fez muito sucesso com a Clara Nunes mas foi originalmente gravado por Odete Amaral em 1944.

Rosa Maria (Eden Silva e Anibal Silva)

Um dia encontrei Rosa Maria
Na beira da praia, a soluçar
Eu perguntei o que aconteceu
Rosa Maria me respondeu
O nosso amor morreu

Não sei ainda encontrar qual a razão
De Rosa Maria desprezar meu coração
Eu fazia-lhe todas as vontades
Será que ela tem outra amizade?

Tudo é ilusão (Éden Silva - Anibal Silva - Tuffi Lauar)

Não, não foi surpresa para mim
Porque tudo na vida tem fim
Eu esperei com resignação
O triste dia da separação
Vai meu amor siga o seu destino
Que eu seguirei o meu
Seja feliz, adeus

Nada vive eternamente
Tudo na vida é ilusão
Eu sabia que mais cedo ou mais tarde
Chegaria o dia da separação

Segue também um samba-enredo da década de 50 gravado pela sua escola de samba. Trata-se de Brasil, Fonte das Musas.

Um comentário:

juliana disse...

não consigo ouvir!!!!!!!!

Creative Commons License
O Couro do Cabrito by André Carvalho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at www.creativecommons.org.br.