16 de maio de 2007

Anhangüera dá Samba - Wilson Moreira

Às vezes ser um gênio não basta. É preciso muito mais. Quantos gênios não ficaram na escuridão da história simplesmente porque não apareceram para a mídia?

Mas mídia nunca se preocupou com os negros favelados. Nunca se preocupou com a cultura que brota dos morros, dos subúrbios, das metrópoles brasileiras. Então, muitos gênios ficaram anônimos. Simplesmente por serem favelados.

Wilson Moreira Serra é um destes gênios que poucos conhecem. Compositor de primeira, da estirpe de Cartola, Noel e Candeia, de quem inclusive foi parceiro, Wilson Alicate, como é conhecido no meio sambístico é um senhor sambista.

Alicate nunca foi um queridinho da mídia. Sempre se virou como pôde. A ajuda dos amigos sempre valeu muito mais do que qualquer coisa.

Mas injustiças históricas podem ser reparadas. Não, a Rede Globo não vai fazer um especial sobre o Wilson Moreira... Nem a MTV vai estrear um clipe seu na programação... Esta mídia ele ainda está longe de conquistar. Mas não importa. Ele será homenageado mesmo assim: será ele o primeiro convidado do projeto Anhanguera dá Samba, que todos os meses irá homenagear um sambista,

Quem está produzindo este projeto é o agitador cultural Arthur Tirone, vulgo Favela além do Fernando Szgeri, cantor dos Inimgos do Batente, o grupo que acompanhará os mestres todos os meses.

Nesta sexta-feira teremos Inimigos do Batente e Mestre Wilson Moreira. Imperdível.

Segue a filipeta com maiores informações.

2 comentários:

Favela disse...

Aê Piruca. O Wilson merece todo o nosso reconhecimento e muito mais, ele que é um dos maiores sambistas de todos os tempos.
Vamos botar pra quebrar. O Anhanguera é um quintalzão e vai, se Deus quiser, dar o que falar.
Obrigado pela força de sempre, amigo!
Um abraço e até lá!

travelpeople disse...

I would like invite you to visit my new site www.drollthings.com , Thank you!

Creative Commons License
O Couro do Cabrito by André Carvalho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at www.creativecommons.org.br.